Cursos e Bibliotecas

Portfolios

 

Imagens em destaque

 
 

Tutorial enviado por AmonRa

Especial
(1391 pontos)

Enviado por: AmonRa

Blumenau - SC

Registrado em 31-03-2004

BlogAmigosPortfolioGaleria


Utilidades - Artigos - Luzes - Um estudo detalhado - Parte 01Recomendar

Bom.. achei tão legal o tutorial de luzes que o Regisrock passou que resolvi traduzir pra galera.. espero que ajude.. traduzi bem ao meu estilo e interpretação da coisa, não é nem um pouco ao pé da letra


Introdução:

Há muita pouca informação daquilo que pra mim é a área mais crucial de qualquer artistas de todos os gêneros. Já li incontáveis livros sobre CG mas todos tocam de maneira muito sutil no assunto "Luzes", e pra você se dar bem nessa área deve compreender mais profundamente como elas se comportam no mundo real.
Para mim os principais culpados disso são os Livros de textos, que sempre repentem as mesmas formulas de iluminação nas imagens de exemplo. O problema é q a luz ainda é muito mal compreendida e utilizada de forma errônea pelos artistas do mundo inteiro. Os fotógrafos e pintores necessitam compreender mais a fundo a iluminação, porém a luz é um elemento crucial em qualquer arte. Sem utilizá-la é difícil conseguir um realismo, e a cena se torna morta.

Como nunca encontrei um artigo bom na internet de luz, resolvi escrever esse. Oq digo aqui foi baseado em minhas observações, assim as minhas idéias e as dos leitores podem divergir. Pode ser que tudo pareça óbvio, e não necessite explicações, mas este tipo de informação nunca é demais, por que podem ocorrer de criarmos cenas em situações que nunca estivemos.


Parte 1 : Bem basico

Durante todo o tutorial vou usar essa esfera branco num chão branco pros exemplos:

Acima é a luz de uma tarde insolarada, agente sabe que o principal foco de luz é o sol, mas nao podemos esquecer que o céu azul também é fonte de luz. A luz ainda bate no chão branco e reflete na Esfera, se tornadno o terceiro ponto de luz. Você ja sabe que cada ponto de luz tem características diferentes, e é isso que quero mostrar.

A sombra é formada basicamente pelo sol. O céu azul é uma fonte de luz muito grande e fraca, por isso forma uma sombra muito ralinha que não se vê ( que de qualquer forma tá escondido sobre as sombras do sol). Falarei mais posteriormente sobre luz do sol e tamanho de sombras, mas por enquanto só lembre que quanto menor é a fonte de luz, mais fortes serão as sombras.

A luz do céu azul, tem uma forte coloração que torna levemente azulado todos os elementos da cena. A sombra da esfera é azul por que é iluminado por essa luz do céu (No 3D usamos nomes em ingles, lembre-se sempre o que é Skylight, luz do céu). Essa coloração mais visível na sombra, se explica pois a esfera está na frente da luz branca do sol, bloqueando-a.. entao na sombra a luz que predomina é a do céu.

A troca constante de luz entre o chão branco e a esfera branca é basicamente luz Azulada que está sendo refletida pelos dois objetos brancos.

Essa "troca" de luz por objetos que refletem... é mais intensa em objetos mais próximos.. Por essa razão que observando somente a esfera, você ve o lado esquerdo próximo ao chão mais claro que o centro da esfera, pois está mais próximo do chão por isso trocando mais luz refletida.

As parte mais escuras da imagem é a sombra na base da esfera e o centro da esfera. Esse centro da esfera é chamado de zona "terminal", pois está entre a luz provinda do sol e a luz refletida do chão, é uma área que recebe muita pouca luz dessas duas fontes.

A sombra na base da esfera é mais "chapada" mais escurona, por que a esfera está tampando a luz do sol, a luz do céu, e a reflexão de troca de luzes entre a esfera e o chao ao mesmo tempo. O lado mais distante da sombra é mais clarinho por que esse recebe mais luz do céu e luz proveniente das trocas entre a esfera e o solo.

Por que tem esse "tróço" da zona terminal no centro da esfera?

Em parte por causa do efeito do contraste, tá muito próximo de uma área bem iluminada, oque da a sensação de ser ainda mais escuro que é. E também esta recebendo menos luz de troca com o chão. Assim não está nem na área que recebe luz refletida pelo chão, nem na área que recebe luz do sol. Unica luz na área é basicamente a do céu.

Mas porque a luz do céu é azul?

As luzes são formadas por partículas pequeninas chamadas de "Photons". Essas partículas tem segmentos de onda diferentes de acordo com suas luzes. Luzes azuis tem segmento de onda menor, luzes vermelhas tem segmento de onda maior.

A luz do sol é branca, significa que ela possue todas as cores.. pois a junção de todas as cores cria o Branco. Basicamente o branco é formado pelas cores do arco-íris, que em ordem crescente do tamanho dos segmentos de onda são: violeta, roxo, azul, verde, amarelo, laranja e vermelho.

Na real oque acontece é que photons com segmentos de luz mais curtos viajando pela atmosfera terrestre muitas vezes de dispersam. A atmosfera é formada por gases, átomos e moléculas que dão uma forma física (um corpo) a atmosfera. Os phótons colidem com esses corpos da atmosfera, desviando a direção ou dispersando-se. O fato é que ondas curtas terão maior possibilidades de serem dispersadas refletindo-se e voltando se para todos os lados, predominando assim no céu a cor azul.

Em dias de céu azul, essa reflexão de ondas curtas pelos gases e átomos da atmosfera está sendo refletida por tudo ao nosso redor.

Segmentos de luz maiores como o Vermelho, podem viajar mais longe pela atmosfera sem serem refletidos ou dispersados. Os pores do sol são predominantemente vermelhos, pois o sol está vindo de um ponto mais baixo, e quanto mais baixo for na atmosfera maior a pressão ou seja, maiores "corpos" como gases e átomos para serem refletidos. Dessa forma a luz azul é ainda mais refletida, quase por completa em sentido contrário.. e a luz que sobra é predominantemente as luzes de segmento mais longos como amarelo, laranja e vermelho.

Note que as ondas azuis estao sendo refletidas pro lado oriental.. e as luzes vermelhas vindo em nossa direção, assim as luzes azuis servirao como um complemento lá trás ao céu.


As sombras na foto têm uma cor azul bem forte, pois estão sendo iluminadas pelo céu azul.

Reflexões de Luz

Quando a luz bate em uma superfície parte dela é absorvida e outra é refletida pela superfície. Isso vai depender da cor da superfície, superfícies Vermelhas por exemplo, absorverão todas as outras cores e refletirão apenas a cor vermelha (ou a maior parte a cor vermelha).
Um objeto branco refletirá todos os segmentos de onda, e um objeto preto absorverá todos.

Assim se uma superfície reflete a cor da superfície, consequentemente estará iluminado os objetos a sua volta com a sua cor. Esse efeito é chamado de Radiação (Radiance). A cor dos objetos próximos serão igualmente afetados pela luz que foi refletida por outros.

Note que a luz que foi refletida pela venesiana na imagem, é refletida e bate na parede. Como a venesiana é Bege, refletiu apenas essa cor.. Que foi refletida pra parede que é branca, como já dito o branco reflete todas as cores, inclusive a bege de volta, se tornando visível.

O abdômen dessa abelha está avermelhado, pois o mesmo vermelho foi refletido pelas asas.

Radiação é um fenômeno indispensável, e tem uma forte ligação para que as luzes se tornem visíveis. Em luzes mais fracas o fenômeno pode não ser muito visível, mas em luzes fortes afeta muitos objetos na cena com a coloração dos demais. Se a luz é refletida por objetos da mesma cor, forma-se uma cor mais Saturada, Já que mais objeto refletem jogando a mesma cor numa mesma superfície. A soma de luzes, é sempre uma luz mais brilhante, e voce pode notar esse fenômeno em dias ensolarados.

Na foto acima, a luz vindo da janela bate na venesiana de madeira, que reflete a cor da madeira contra a superfície de outra madeira.. tornando a cor mais viva e saturada.

Exagerando na luz (ou na falta dela) de maneira realística:

É natural numa cena equilibrar as luzes, os efeitos de saturação com sombras.. Mas há momentos que sua noção artística terá que esquecer isso. Como uma cena de névoa, neve ou uma cena noturna. O artista pode enfatizar uma dessas situações para dar um impacto visual maior a uma cena, ou demonstrar um sentimento.

A luz extrema é predominantemente branca, e pode dar um ar mais exageradamente claro e ofuscante a sua cena. As luzes ofuscante geralmente são leves e a nitidez e riqueza de detalhes da cena como um todo diminui bastante. A luz extrema é encontrado na neve por exemplo, onde até mesmo as sombras são luzes, devido a extrema quantidade de luz refletida pela neve ao redor.

Essa imagem é limitada por uma paleta de cores muito simples, branco, preto e tons de cinza.

Cenas de Pouca luz:

As cenas de pouca luz possuem pouca luz da natureza. O contraste é normalmente mais elevado, e a luz é uma luz mais dura (mais chapada). Pouca luz cria uma atmosfera mais morta, e normalmente é usada pra esse efeito. Normalmente usamos pouca luz para cenas noturnas, porém pode ser usado em cenas de tempestade ou interiores.

A dramaticidade dessa imagem é causada pela pouca luz na cena

Uso do Branco

A maioria das luzes que vemos no nosso dia-a-dia são luzes coloridas. Mas nosso cérebro é muito bom em filtrar isso. De modo que as luzes normalmente são uma grande mistura de cores primárias, mas nosso cérebro interpreta como branco. Mesmo se uma luz colorida bate muito forte numa superfície, temos a habilidade de filtrar essa informação e sabermos a cor do objeto real.

Uma ótima maneira de notar isso é pegar sua camera digital e tirar uma foto sem configuração alguma, no modo "Dia" da sua câmera. Na foto abaixo fotografei o porquinho com a janela como fonte de luz. Ela é uma luz baixa e neutra vindo do céu.

Na próxima foto eu fechei as cortinas, e usei uma lâmpada de 60W como minha fonte de luz.

Quando é nossos olhos que vêem o porquinho, tanto com a luz da janela, ou com a lâmpada. Para nosso cérebro as cores do porquinho são as mesmas. Porém ficou muito provado por essas duas imagens que não é bem assim, já que a camera digital sem configuração não é capaz de interpretar e filtrar as cores com a perfeição que nosso cérebro faz.

Uma maneira boa de se confirmar isso, é ver as casas de longe, numa noite qualquer. Você observará que cada janela de cada casa possui um tom diferente.. algumas mais brancas e outras mais amareladas, porém se você estivesse dentro dessas casas ou apartamentos, você dificilmente notaria a diferença.

Ver a luz da lâmpada de um local mais afastado ajuda a revelar sua verdadeira cor.

Algo semelhante acontece quando estamos na sombra, onde a luz predominante é a azul do céu. Nosso cérebro filtrará essa informação, mas se formos para uma região ensolarada e então olharmos pra sombra, notamos o quão tudo estava azulado.

Há centenas de casos que tenho certeza que muitos de nós nunca nos demos conta. Como as luzes fluerecentes geralmente tem uma base esverdeada, Luzes das ruas são normalmente alaranjadas, Anoitecer vai de amarelo claro ao vermelho, etc.

Quando estamos na posição da imagema luz parece neutra, com um passo atrás em direção ao sol, notamos como era muito azul.

Luz de 3 pontos, e porque é uma Droga:

Os livros de modelagem 3D normalmente ensinam novatos a usar esse sistema de iluminação em 3 pontos. E os novatos vêem isso como regra em suas cenas. Foi desenvolvido primeiramente como um recurso de iluminar fotografia, e a única vantagem é que é facil de se entender e apender. Trata-se de uma luz principal brilhante vinda de um lado, uma um pouco mais fraca do outro lado e a ultima lá atrás da cena servindo para suavizar as bordas e luzes muito fortes.

O principal problema com isso, é que não é o que ocorre na realidade. O uso de uma luz de fundo só pode existir se você quiser dar uma dramaticidade exagerada a sua cena ou um efeito especial. A luz lá trás da cena pode parecer eficaz ao primeiro olhar, mas deve ser tratada com muito cuidado. Essa iluminacao de 3 pontos nao existe na natureza, por isso parece ser tao falsa. O fato é que tantos livros de 3D falam dela que ja se tornou saturada, e cansativa.

Essa técnica foi abandonada por fotógrafos há muito tempo. Se você procura uma ótima iluminação, a melhor maneira é compreender como a luz se comporta na realidade, e dispor as luzes a sua maneira.

Os 3 pontos de luzes foram muito utilizados no passado e de fato torana todas as fotos muito parecidas, o resultado na fotografia é cansativo, se você quer seus próprios resultados de iluminação com perfeição. Pense por você mesmo

Últimos comentários

Rafaellongbeach1 comentou em 9 abr 2013 13:19Ver comentário

Ghostydac comentou em 14 set 2011 21:20Ver comentário

Fla3DMadness comentou em 11 set 2011 12:37Ver comentário

angelo3d comentou em 10 set 2011 13:02Ver comentário

O Alquimista3D comentou em 10 set 2011 12:36Ver comentário

new comentou em 7 set 2011 16:03Ver comentário

EDUEDMAIS comentou em 3 jun 2007 10:53Ver comentário

Januirs comentou em 31 mai 2007 11:51Ver comentário

Morenu comentou em 31 mai 2007 11:17Ver comentário

ToGgY comentou em 2 mai 2007 18:40Ver comentário

Ver todos

 

3D1 © Três D1 © 1999/2017. Todos direitos reservados.