Cursos e Bibliotecas

Portfolios

 

Imagens em destaque

 
 

Tutorial enviado por AmonRa

Especial
(1391 pontos)

Enviado por: AmonRa

Blumenau - SC

Registrado em 31-03-2004

BlogAmigosPortfolioGaleria


Utilidades - Artigos - Luzes - Um estudo detalhado - Parte 03Recomendar

Parte 3: A Luz Natural

A luz natural possui muitas maneiras diferentes, e as alterações em sua cena podem ser enormes. A fonte das luzes naturais é o SOL, entretando é diferente em condições climáticas diferents, estações diferentes e horários do dia diferentes. As diferenças da luz varia de mutio forte, mediana a muito fraca.

A luz do sol básica é descrita no diagrama abaixo, é o que nós consideramso um dia ensolarado normal:

A luz representa um dia, na metade da manha ou metade da tarde. E é provavelmente o horário que a luz do sol mais se manifesta em termos de força e cor.

Porém ainda há 2 fatores importantes na luz natural.. As nuvens refletindo ou bloqueando os raios solares.

Como já falamos na primeira parte, a atmosfera dispersa segmentos curtos de onda que tem o efeito de criar o céu azul e mostrar a luz do sol em si.
Quanto mais "ar" a luz tiver que passar.. mais reflexoes e disperções de luz ocorrem. Isso significa que quando o sol nasce mais baixo, tem uma área maior de ar para ultrapassar. Isso causa disperção maior no início e no fim do dia.

Isso significa que a luz tem carácter be diferente em horarios diferentes do dia. Há tmb as circunstancias especiais quando o sol está abaixo do horizonte. Qual os photons repelidos do sol, é a unica fonte de luz.

As nuvens tmb são importantíssimas nas condições da luz natural. As nuvens são translúcidas, o que significa que passa luz por elas, mas de forma difusa, significa que a luz é modificada pelas características das nuvens. Quando photons passam por translucência como vidros se mantém paralelos, porém o que ocorre nessas superfícies é que o angulo dos photons podem se alterar ( Causando o chamado Caustic no 3D).

Que é um fenomeno semelhante a dispersão da luz na atmosfera. Porém nas nuvens acontecem com todos segmentos de onde de luz, e não só as mais curtas.

O efeito que a nuvem causa, é amassiá-la e torná-la um pouco mais fraca. Transformando uma fonte pequena e forte (O sol) em uma fonte grande e fraca de luz (O céu inteiro). A cor também é afetada pelas nuvens, Já que as nuvens escondem o Azul do céu.

Sol Ao meio dia:

Quando o sol está no ponto mais alto do céu.. e a luz dele é mais forte do que nunca. O contraste é muito grande, as sombras são muito escuras, tao escuras que filmes fotográficos normalmente captam como totalmente preto. Embora que ao olho nú ainda de pra ver alguns detalhes nas sombras.

Para esse tipo de luz ser bem fiel, deve ser be forte com grandes contrastes.

O efeito da luz forte, torna a imagem muito saturada.. com cores mais fortes do que nunca. Os fortes contrastes pode dificultar a condição de fazer imagens atraentes. Entretando com um contraste um pouco reduzido pode ser muito legal para sua cena.

Agua por exemplo, ficará muito mais realística nessa condição de luz forte, muitas imagens de mar, são feitas ao meio dia. Em outros casos os grandes contrastes podem ser usados de forma criativa.

A luz forte, e as sombras pequenas nao ajudam muito para dar forma as coisas. E a baixa saturação é outro inconveniente. Muitos fotógrafos evitam usar a luz do meio dia, mas não significa q seja impossivel.

Como a maioria das coisas que vao contra a sabedoria normal das coisas, podem criar soluções convenientes e criativas.

Essa imagem é totalmente ao meio dia. note como a areia é branca e a sombra escura. O contraste é muito elevado para a camera conseguir captar as escalas perfeitas de cores.

Fotografias aquáticas são excelents ao meio dia por que a luz está num angulo bom para que nao seja refletida contra nós. Ao contrário dos outros temas de imagens, as aquaticas são muito mais favoráveis com essa luz.

Essa imagem mostra o contraste forte ao meio dia usando um filtro infra-vermelho para dar a imagem uma aparecia tao dramática.

Entardecer

Enquanto o sol vai baixando vai ficando mais fraco. De modo que o amarelo fica mais visível nela. O céu também fica muito mais azul pois os níveis de branco diminuem.

As luzes ao entardecer sao consideradas as mais belas, pois o contraste é mais fino e mais atrativo ao olho.

Mais ou menos 1 hora antes do por do sol, é o momento mais ideal.

Os fotógrafos e os diretores de filmes chamam essa hora de "hora dourada" por que a qualidade fotográfica é tremendamente ideal.

A saturação da cor nessa hora é muito alta. e a cor da luz em si, dá uma percepção muito boa das formas, dando uma aparencia bem rica.

O equilibrio entre as cores fica muito bom, o que é muito usado nos filmes e anúncios.

Você pode claramente ver o amarelo-alaranjado nas chaminés nessa foto

Aqui os pêlos lustrosos desse cão reflete perfeitamente a luz amarelada em um lado, e as azuladas do outro lado.

Essa fotografia seria muito chata sem a luz perfeita

Pôr do sol

Nesse horário o sol está ficando alaranjado para vermelho. E a luz está muito mais fraca, significa que os contrastes são menores. Isso também significa que as áreas de sombra ganham uma iluminação maior do céu. As sombras no pôr do sol sao mutio longas, e as texturas muito aparentes.

O céu pode ser incrivelmente colorido se tiver alguma nuvem, Agora as núvens são iluminadas por baixo. E mostram cores avermelhadas, muito dramático. Essas cores adicionam complexidade a cor do céu, consequentemente adicionam mais cor as áreas de sombra, as vezes indo a roxo ou cor-de-rosa.

O por do sol e si, tmb varia muito de cor, se você observar varios pores do sol em seguida, verá que nenhum será o mesmo.

Aqui a luz do sol é um laranja profundo, e as sombras um roxo intenso misturados com a cor do céu.

O contraste é muito baixo, e aqui a luz do sol e do céu estao muito igualadas em intensidade e cor no brilho das rochas.

Os pores do sol são curtos, e as mudanças muito rápidas. Uma cena como esta dura poucos minutos até o sol sumir debaixo do horizonte.

É um momento muito especial com a luz muito bela. O sol ja não está mais no céu, apenas o próprio céu é a fonte de luz. Entao a luz é muito leve com poucas sombras os contrastes e as cores são muito delicados.

Normalmente depois que o sol some, surge um céu rosado no lado Leste do céu. É chamado de "AlpenGlow" o que ocorre muito frequentemente mas surpreende aqueles que não estão acostumados em olhar.

AlpenGlow pode causa um rosa muito intenso nos objetos que refletem, como casas brancas, areia ou agua. O rosa em si é muito fraco pra afetar superfícies mais escuras como folhagens. Assim frequentemente a terra pode ja estar muito escura nessa hora.

No entando o AlpenGlow não é somente minutos antes de anoitecer que ocorre. Em outras vezes o céu oriental é apenas azul e há uma cor alaranjada onde o sol está iluminando o céu já abaixo do horizonte.

O fenomeno no céu oriental é muito curto, ja o amarelado, laranja ou vermelho na parte ocidental do céu pode durar 1 hora.

O céu pode possuir um vivo e profundo azul, que se torna muito belo contrastando com as lâmpadas nas casas.

O céu deve estar limpo para aparecer a cor cor de rosa, caso contenha nuvens, a noite cai muito mais rapidamente.

O céu oriental cor-de-rosa é muito visível nessa imagem. A cor é muito comum no céu após o pôr do sol, Note como as superfícies que não refletem como as folhagens se tornam muito escuras, diferente das superfícies brancas.

Aqui a agua e o barco refletem o cor de rosa do céu junto com o azul

No anoitecer nublado a luz se torna mais azul.

Sol Encoberto

O céu se torna a principal fonte de luz, com um azul muito intenso e as sombras macias. Se a atmosfera nao refletisse a luz, não haveria iluminação aqui, se você tivesse na lua por exemplo, seria totalmente preto.

A luz do sol ainda pode ser refletida por outros objetos, como paredes por exemplo, e criar esse efeito.

Essa forma de luz é muito comum em florestas muito densa.

O azul é muito visível nas sombras. Apesar da luz ja ter sido toda desviada, ainda possue um sentido muito forte, vem de cima, as outras direções estão sendo bloqueados pelas paredes.


A planta ficou muito azulada com o céu

Nublado

A luz nublada muda bastante, dependendo da espessura da nuvem e da hora. Contrário à opinião popular pode realmente ser completamente bonito e tem algumas qualidades atrativas. Desde que o céu inteiro está agindo como uma fonte clara e macia de luz difundindo com sombras muito fracas. O contraste é baixo e a saturação da cor é geralmente bem elevada.

A cor depende da hora. O céu durante o dia está azul, mas as nuvens estão bloqueando esse azul. Se o sol está masi ou menos fraco, as nuvens muda de branco pra cinza, depende tmb da grossura da núvem. Quanto mais o sol vai descendo, mais azulado o céu vai ficando.

A luz nublado normalmente é vista como chata, mas pode ser bonita. Como é muito fraca e chapada nos objetos, pode ser boa pra mostrar a cor e a textura nas coisas. Os objetos reflexiveis podem refletir o céu que reflete fracamente de volta intensificando os reflexos, isso pode ser notado na superfície da água.

Por causa do baixo contraste, e a neutralidade das cores nubladas, elas pode se tornar muito saturadas.

Note como as cores fortes, como o vermelho, ganham certo destaque com a reflexao do céu.

A cor difusa do céu mostra a forma dessas uvas, mas o contraste é pequeno o bastante que é quase perdido nas sombras. Denvo as cores estão bastante saturadas.

O céu cria reflexões prateadas bonita na agua, Um dos segredos de se fazer uma foto bonita com o céu nublado, é justamente não mostrar o céu, mas sim os seus efeitos.

Nublado Brilhoso

Em dias onde as nuvens são muito finas, é possivel vir luz quase que direta do sol. Criando sombras fortes, mas que podem ser mais macias, dependendo da quantidade de nuvens tampando o sol. Céu brilhoso é quase como uma junção de uma luz do sol com bastante contraste com as nuvens mias grossas que amenizam certas áreas.

Em dias onde há nuvens mais finas o céu pode apresentar muitas texturas, diferente de dias com nuvens mais grossas, que tornam tudo muito cinzento.

As espessuras das nuvens, ou pequenas distâncias entre elas podem também ajudar a iluminar o ambiente com a luz do céu. com a luz do céu (Skylight) azul e uma luz direta do sol (Direct Light no 3D) amarelada que reflete na superfície das nuvens.

As cores do céu podem variar bastante com as nuvens mais finas, criando um céu que muitas vezes impressiona pela beleza.

Outro fator importante, é que de longe as nuvens podem simplesmente parecer laranja ou amarelas por causa da reflexão de luz, mesmo se for meio dia.

Um nublado brilhoso causa uma sensação maior de luz ao ambiente do que quando tem nuvens muito grossas. Mas as sombras ainda são preenchidas pala luz acinzentada das demais nuvens.

Aqui a luz do céu é forte o suficiente para fazer o bichinho brilhar, porém as sombras ainda são fracas pois as nuvens iluminam essa área. Perceba como é tudo cinza, não tem nenhum azul, pois o céu está totalmente coberto pelas nuvens.

Nuvens distantes entre si, luzes fortes, luz difusa



É muito comum a luz vir fragmentada pelos bloqueios das nuvens, vir alterada e misturada por mais pontos de luz, e apesar dos pontos de luzes nesse caso serem muito diferentes entre si, coloquei tudo num mesmo tópico.

Com as nuvens fragmentadas o efeito de luz é completamente diferente, pois junta o Azul da luz do céu ao ambiente. As nuvens claras causarão sombras, e a luz azul do céu será visível nessas sombras.

Pode ter muito contraste, e o fundo acizentado lança uma luz de efeito dramática onde as luzes do sol batem, com a diferença da luz do sol, com a luz das nuvens, criando interações de luz muito interessantes.

O céu pode ser muito colorido com vários fatores que definem isso: hora, espessura da nuvem, abertura nas nuvens, distancia entre elas, etc.

As cores variam de misturas de azul com amarelo, laranjas e cinzas. A luz muda muito rapido com o movimento das nuvens, com a luz do sol aparecendo e desaparecendo de momento em momento.

Luzes fragmentadas como aquelas que tem debaixo de árvores em dias de sol intenso, são causadas pelos inúmeros bloqueios de luz na natureza.

É uma luz de contraste elevado, principalmente pela luz fragmentada pelos bloqueios, a maioria das cameras fotográficas e de video não são capazes de capturar as diferenças de tonalidades dentro das áreas escuras, embora que ao olho nú, são muito visíveis.

A luz forte nas áreas onde a luz não é bloqueada, é um contraste enorme com as áreas onde a luz é bloqueada, se tornando em muitos lugares um puro branco em algumas partes dessa foto.

Aqui denovo, a camera nao pode suportar as grandes variações de cinza nas sombras dessa foto.

Luz do céu Versus céu escuro, causa uma cena tremendamente dramática.

Noite

Embora o sol nao esteja mais no céu, geralmente o céu tem uma luz bem fraquinha ainda. Essa luz pode vir da própria luz do sol que ainda está sendo dispersado pela atmosfera, mesmo que o sol nao esteja visível, ou da luz da Lua. As estrelas são muito fracas pra causar qualquer efeito considerável de iluminação no nosso ambiente.

O truque de criar uma cena noturna é lembrar que o céu deve estar sempre mais claro que a terra (ao menos se houverem luzes artificiais na terra).

Observe a imagem abaixo, a da esquerda tá Certa, a da direita é fisicamente impossivel por a luz não viria de lugar algum:

Se a Lua estiver aparente, lembre-se de algo muito importante! Ela é a luz do sol refletida, de forma que terá todas as propriedade que o sol possui. A lua perto do horizonte pode se tornar Vermelha ou amarela, mas quanto mais alta no céu, mais branca se transforma.

A superfície da luz é praticamente incolor, com tons de cinza, Se você ver fotos da lua, vai parecer que são fotos preto-e-branco, até você ver cores nos astronautas.

A luz do céu é obviamente fraca e difusa, porém com uma lua mais forte pode se tornar parecido com o sol.

A diferença principal, é q é obviamente mais fraca que a luz do sol, Assim os contrastes da lua com o céu, será diferente que durante o dia.

Outra coisa que você deve lembrar é q a lua é geralmente pequena ao olho nu, mas pode ser as vezes representada maior que na vida real.

Em termos de cor do ambiente, nossos olhos não foram projetados para se ver a noite, de forma que as coisas se tornam muito incolores. Entretando você pode fotografar perfeitamente ao anoitecer, só deixando o obturador da câmera aberto por mais tempo, pode parecer muito com um dia ensolarado.

Mesmo com o obturador aberto pouco tempo, dá para notar muito mais cores que ao olho nú.

Um truque muito utilizado no cinema, é filmar durante o dia, mas usar um filtro forte azul na lente, criando a ilusão que é noite.

Outro fator importante que deve-se notar a noite, é a influencia de outras fontes de luz. Na Inglaterra (ou seja lá onde você mora), você sempre verá luzes da cidade incandencentes em algum lugar, ou refletindo debaixo das nuvens de forma mais fraca. Você deve ir a lugar muito remotos pra evitar essas "poluições" da luz, do mundo moderno.

Nas áreas, onde não há luzes artificiais a terra é muito escura comparada com o céu. Perceba como os telhados em primeiro plano ainda refletem o céu, apesar da escuridão.

A cor da luz do céu é sempre mais forte em fotografias do que ao olho nú.

Aqui a luz ta meio avermelhada ou amarronzada, por que estava baixa no céu quando essa foto foi tirada.



Cores no Céu

O céu é muito colorido, se você observar todos os dias, verá uma escala muito grande de cores e tonalidades. Muitos fatores influencia as cores do céu e das nuvens, assim como a hora, e quanto as nuvens tampam a visao do céu e a distância entre essas nuvens.

Se a nuvem tiver espessuras desiguais, ou pequenos furos entre elas, você notará grandes diferenças em como a luz se comporta, e na sua quantidade e cor no céu. Criando texturas e variações imprevisíveis.

A luz natural e o céu em particular, quase sempre possuem cores, e o céu é constantemente uma fonte de luz, não importa quão forte o sol esteja.

Não faço a menor idéia oq causa aquele fundo rosado, talvez por que o sol da manha ta lá trás, o céu está sempre mudando e é muito imprevisível.

Volume

A luz interage tmb com a atmosfera se houverem partículas suspensas para refletir ou absorver a luz. Partículas de agua, névoa ou outros "poluentes" causam uma sensação de volume, criando raios de luz, ou névoas brilhantes.

O ar em si, causa muitas alterações de luz, e objeots mais ditantens tendem a aparecer mais azulado e menos contrastado, apenas pelos efeitos do ar.

A nevua é bem similar ao ar em si, só obviamente mais denso, difunde a luz,mantendo a intensdiade de luz igual em todas as partes da névoa e em todos os sentidos.

Quando voce fotagrafar a névoa, o medidor de luz da câmera, mostrará incrivel mesmo valor, não importa que lugar da névoa voce aponte.

O ar suspenso normalmente causa efeitos azulados ou brancos dependendo do tempo, branco se tiver nuvens ou azulado com a luz do céu. A névoa é branca como nuvens, mas podem se alterar refletindo qualquer luz de outra cor vinda do céu ou do sol, assim na prática pode ficar alaranjada, azulada ou amarelada.

Os raios de luz como esse, são causados por partículas de ar na atmosfera que "param" a luz.

Aqui a névoa é um azul profundo pois reflete o céu acima dela, as árvores protegem a névoa da força do sol, de maneira que nao se tornou amarelada ou alaranjada.

Essa névoa densa dessa cena de névoa cria uma luz muito difusa, não há qualquer sombra abaixo das árvores.

Agua também causa grandes variações de luz no ambiente.

A agua muda muito a aparecia e a capacidade de reflexão dos objetos molhados, justamente por refletir bem mais e causando bem mais destaque.

O orvalho molhado e iluminado por exemplo, causa pequenos brilhos intensos por causa das partículas de água nele, cada gota age como uma lente.

Essas reflexões "Specular" são raras na natureza, quase sempre só quando há agua no ambiente, de forma que notamos a existencia de agua de forma muito rapida. Como luzes volumétricas a agua pode criar grandes ambientes de luz.

Outro efeito da agua é refletir mais forte as luzes, se voce tirar a foto de alguem no mar, verá que a pessoa aparecerá muito mais clara que o normal.

A agua causa muitos efeitos atmosféricos como arco-íris, anéis de gelo ou efeitos de volume na atmosfera.

As gotas de agua causaram muitos brilhos "Specular" na superfície. Mesmo num céu nublado como este, note que as gotas refletem o céu branco.

O chão parece um grande espelho e nos conta que está molhado.

O líquido gosmento nessa imagem dá um destaque maior a superfície, acentuando a textura da pele. sabemos que a textura está molhada por esse tipo de brilho não é comum na natureza.

Considerações Finais

A luz natural muda muito, mas segue alguns padrões e regras, que é muito difícil de se aprofundar num artigo como este. O que quero passar é umas linhas de raciocínio, que vão lhe ajudar em diferentes ocasiões, criando suas próprias opiniões e experiências, você se torna um expert em luz, e identificará num primeiro olhar erros grotescos de luz em filmes ou imagens, porém lembre-se q a luz real é somente um ponto de partida e de aprendizado, exagerá-la as vezes em sua cena, poderá dar um efeito muito mais belo e passar muito melhor as suas idéias na cena.

Uma coisa que eu queria lhe deixar a par, é que há exceções, quer dizer.
Um outros conceitos como, a luz da sombra deve tar em armonia com a cor da luz, isso é muito normal para nosso cérebro, mas ocorre as vezes de forma diferente. Isso quer dizer que em se tratando de luz, muito pouco é regra, e sempre há exceções.

O artista mais incrível na arte da luz é "Claude Monet".

A maioria dos seus trabalhos "brincam" com luzes, apesar de seu estilo de pintura ser um pouco largado, sua compreenção da luz é perfeita. Fez diversos estudos que tratam justamente das mudanças de luz, como sua série de "Haystacks" e a catedral de "Rouen".

 

3D1 © Três D1 © 1999/2017. Todos direitos reservados.